Cabenses se destacam em campeonato brasileiro escolar de Tiro ao Arco

Oito estudantes cabenses participaram do 4° Campeonato Brasileiro escolar de Tiro com Arco, ocorrido no último sábado (26/11) no Caxangá Golfe Clube, Recife. Eles fazem parte da equipe da Associação da Pessoa com Deficiência do Cabo (APDC). Além do município, a competição contou com a presença dos alunos das cidades de Timbaúba, Camaragibe e Recife. A Prefeitura, por meio da Secretaria Executiva da Juventude e Esportes, apoiou o grupo.

Pela primeira vez pessoas com deficiência auditiva participaram de uma competição de arco e flecha em Pernambuco. Ao todo, marcaram presença no campeonato 20 alunos arqueiros de cinco escolas e três clubes. Dos oito representantes do Cabo, dois foram medalhistas.

Os dois estudantes são da categoria de base. Kevin Fenry, 14, dito normal, levou o Bronze. “Achei muito bom ter participado, foi muito emocionante, pois foi meu primeiro campeonato. Com certeza, irei dar continuidade aos meus treinos”, comentou Kevin. Vitória Clarice, deficiente auditiva, conquistou a medalha de Prata. “Tive o apoio da minha família, foi muito importante pra mim”, afirmou. Ambos são alunos assíduos de arco e flecha na APDC.

O paratleta João Ivison, presidente da associação e pioneiro no projeto, conta como foi a experiência. “Venho lecionando para esses alunos essa modalidade na qual venho me destacando, e com esses jogos vemos o potencial nessas crianças, que deve ser investido e incentivado cada vez mais. É inédito aqui em nosso município ver surdos participando de esportes como esse”, ressaltou. No domingo (27), o paratleta trouxe mais uma medalha de ouro para o município na copa Jacyê Andrade de Tiro com Arco, na categoria de Open Outdoor.

Texto: Camilla Moura – Repórter Estagiária da Secom/Cabo
Fotos: Randy Augusto e Divulgação