Dia Mundial de Luta Contra a Aids é marcado por ações no Cabo

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho está realizando, nesta quinta-fera (01/12), ações voltadas ao Dia Mundial de Luta Contra a Aids. Com iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde, a campanha tem como objetivo conscientizar a população sobre os riscos da doença e enfatizar a importância do diagnóstico precoce para o desenvolvimento do tratamento e na saúde coletiva. As ações estão sendo realizadas no Centro de Testagem e Aconselhamento Herbet de Souza (CTA), no Centro, e vai até às 17h.

Segundo a coordenadora da Política de DST/Aids, Lucia Cristina Buarque, o CTA recebe cerca de 200 pessoas por semana para fazer o teste, e com as ações realizadas durante o mês de dezembro este número tende a aumentar. “Recebemos dezenas de pessoas por dia, e os resultados dos exames saem em meia hora. Em casos reagentes, o exame é refeito e quando confirmado passamos o encaminhamento”, disse.

Buscando chamar a atenção das pessoas para o assunto, a campanha oferece entre os serviços, os testes de Sífilis, HIV, e Hepatite B e C. Durante a ação também estão sendo entregues panfletos educativos e orientação sobre a doença, além da importância de usar preservativo. Os pacientes identificados com o vírus HIV são encaminhados para o SAE (Serviço de Atendimento Especializado), localizado no Centro de Especialidades Vicente Mendes, na Cohab, onde receberão medicação e assistência no tratamento.

A campanha conta com o apoio da Secretaria de Programas Sociais, Sest/Senat, e Coordenadoria de Hanseníase e Tuberculose. De acordo com a coordenadora de Hanseníase e Tuberculose do município, Vanessa Carneiro, a maior causa de morte de pacientes com AIDS é por meio da Tuberculose. “Aproveitamos esta ação para orientar e falar sobre o assunto. É importante frisar para as pessoas que 80% dos casos de morte dos pacientes com AIDS são caudadas pela tuberculose”, destacou.

DOENÇA – A Aids é o estágio mais avançado da doença que ataca o sistema imunológico. A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, como também é chamada, é causada pelo HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana). O vírus ataca as células de defesa do nosso corpo, o organismo fica mais vulnerável a diversas doenças, de um simples resfriado a infecções mais graves como tuberculose ou câncer. O próprio tratamento dessas doenças fica prejudicado.

SERVIÇO – O teste de HIV é gratuito e pode ser realizado no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Herbert de Souza, localizado na Av. Historiador Pereira da Costa, nº 428 – 1º andar, Centro do Cabo. O serviço é oferecido de segunda à quarta, das 08h às 18h30 nas segundas e quartas, e das 08h às 15h30 nas terças.

Texto: Juliana Dias – Repórter Estagiária da Secom/Cabo

Fotos: João Barbosa