Diversas atividades marcam o Dia Internacional da Mulher no Cabo

O Movimento de Mulheres do Cabo de Santo Agostinho apoiando uma mobilização internacional, vai antecipar a Caminhada das Mulheres Cabenses, para a próxima terça-feira (07/03), com concentração às 14h, em frente à Praça Doutor Paulo Cavalcante de Amorim Salgado (Praça do Jacaré), Centro da Cidade. O ato tem a parceria do Centro das Mulheres do Cabo e da Prefeitura, por meio da Secretaria Executiva da Mulher.

Este ano, a mobilização tem como principais pautas: parada das mulheres nos espaços de produção, Contra a Reforma da Previdência, Violência Contra Mulher, Pela Saúde da Mulher e o Enfrentamento ao Racismo.  Já no dia 8 de março, as cabenses irão se somar a outras mulheres no estado de Pernambuco, que vão participar de um grande ato no Recife.

No Cabo, a programação do dia (7), inicia a partir das 9h, no mesmo local da caminhada,  haverá a pintura de um painel de 30 metros com enfoque na violência de gênero. A ação acontece também na Praça do Jacaré e será coordenada pelo artista plástico Luzarcus, sendo intitulada: Pintando o 7 e Desenhando o 8 Pelo Fim da Violência Contra a Mulher.

Para a coordenadora do Centro das Mulheres do Cabo, Nivete Azevedo, o 8 Março é um marco internacional da luta pelo fim da violência de gênero e põe em foco a participação da população feminina na política e no campo do trabalho. “As mulheres estão parando contra o machismo, o racismo e contra a ameaça dos direitos das reformas propostas pelo atual governo. Nossa luta é pelo bem viver”, ressaltou ela.

CAMINHADA – A partir das 14h, as cabenses irão parar as principais ruas do município com objetivo de refletir a importância do 8 de março e dizer não, aos retrocessos em que o Brasil vem enfrentando nesses últimos anos. A atividade contará com apresentações culturais, pastoril do Grupo de Idosas e a peça teatral Rosa Gente, Rosa Flor. O encerramento da caminhada vai ocorrer no Centro Administrativo Municipal (CAM), na Torrinha, onde será entregue ao prefeito Lula Cabral, uma plataforma de políticas públicas com diversas reivindicações do movimento de mulheres.

Centro das Mulheres do Cabo