Vigilância Sanitária orienta na escolha do pescado para Semana Santa

O consumo de peixes e frutos do mar nesta época do ano aumenta em virtude da Quaresma, tradição católica, na qual os fiéis reduzem o consumo de carne vermelha e optam por pescados. Na Semana Santa, por exemplo, estes alimentos são os protagonistas da ceia. Para garantir a qualidade dos pescados comercializados no Cabo de Santo Agostinho, a Vigilância Sanitária está intensificando as ações aos estabelecimentos que comerciam estes produtos. A atividade tem o objetivo de orientar comerciantes e consumidores quanto à manipulação dos pescados.

Segundo a gerente de Vigilância Sanitária do Cabo, Maria Eugênia Gama, as ações da Vigilância Sanitária têm o intuito de promover e proteger a saúde da população. “Essas atividades são de rotina, mas como nesta época aumenta o consumo dos pescados, trabalhamos com nossas equipes, orientando e fiscalizando peixarias, supermercados, mercadinhos, entre outros estabelecimentos”, disse.

Maria Eugênia explicou ainda que é importante que a população verifique a procedência do lugar, as condições de armazenamento e a data de validade do peixe e frutos do mar, independente se for comprar congelado ou fresco. Se o produto estiver exposto, como em feiras, o tempo de exposição não pode ser maior do que 4h, para não haver risco proliferação de microorganismos que contaminam o alimento, de acordo com a Vigilância Sanitária. Já os congelados devem vir em embalagens bem fechadas.

Confira algumas orientações:

Refrigerado Exigência
Peixe inteiro Devem ser embalados individualmente com fita filme ou sacos apropriados para alimentos, etiquetados e acondicionados a temperatura de 2° a 3° C
Peixe em postas Devem ser expostos em bandejas e embalados em filme de PVC ou em sacos apropriados, etiquetados e acondicionados a temperatura de 2° a 3°C.
Camarão, sururu, mariscos, mariscos, lula, polvo, etc Devem ser expostos em bandejas e embalados em filme de PVC ou em sacos apropriados, etiquetados e acondicionados a temperatura de 2° a 3°C
Congelados Exigência
Pescados congelados Se estiver exposto ao público, devem ser embalados individualmente com filme de PVC ou em sacos apropriados, etiquetados e acondicionados a temperatura entre -15° a    -18° C.
Salgados Exigência
Camarão salgado e bacalhau Devem ser expostos em local arejado e protegido.

Texto: Amanda Falcão- Secom/Cabo