Prefeitura e CPRH promovem educação ambiental para comunidades do engenho Gurjaú
access_time05-03-2020



Por Caio Rodrigues


A Secretaria do Meio Ambiente em parceria com a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), começou na última quinta-feira (05) as visitas nas Unidades de Conservação da Natureza da cidade, com o objetivo de promover uma educação ambiental nas comunidades dependentes das florestas e fiscalizar a caça ilegal de animais e outras atividades ilícitas desenvolvidas nestas áreas de preservação.

O primeiro passo foi dado no Engenho Roças Velhas, na Unidade de Conservação Refúgios de Vidas Silvestres Gurjaú. Na ocasião, técnicos do CPRH e educadores ambientais da Prefeitura desenvolveram uma atividade lúdica com as famílias da comunidade. Crianças e adultos tiveram a oportunidade de conhecer os malefícios provocados pela caça irresponsável de animais e a importância da preservação do meio ambiente como fator essencial na conservação e manutenção da vida animal e humana.

De acordo com a gestora e fiscalizadora da CPRH da RVS Gurjáu, Elaine Braz, o objetivo da ação é introduzir uma educação ambiental nas comunidades que vivem nas Unidades de Conservação da Natureza do Cabo. ‘’As comunidades locais precisam entender o território que elas estão inseridas. A ideia é proporcionar às famílias o acesso ao conhecimento e esperamos uma mudança de atitude neste espaço de vital importância para a conservação da nossa biodiversidade e sustentabilidade hídrica das populações do Cabo.

Bairros como Pontezinha e Ponte dos Carvalhos, por exemplo, também recebem abastecimento de água dos reservatórios existentes em Gurjaú. Segundo a secretária de Meio Ambiente, Cleidiane Vasconcelos, o objetivo é desenvolver este projeto nas demais comunidades residentes das outras Unidades de Conservação da Natureza do Cabo. “A Prefeitura do Cabo está desenvolvendo estas ações de educação ambiental em todas as 11 Unidades de Conservação da Natureza do município e o objetivo principal é a conscientização destas famílias para a problemática da utilização irresponsável do ecossistema em que vivem e adoção de práticas alternativas de sustentabilidade’’, informou.



Mais sobre Meio Ambiente

Secretaria Executiva de Meio Ambiente do Cabo prorroga prazos administrativos
access_time03-04-2020

Carnaval do Cabo inicia festejos com foco na sustentabilidade
access_time21-02-2020

Secretário estadual do Meio Ambiente faz vistoria na Praia de Itapuama
access_time24-01-2020




Outras notícias

O Hospital Infantil do Cabo adapta leitos para pacientes com Covid-19
access_time10-04-2020

Prefeitura do Cabo reforça fiscalização neste feriadão
access_time09-04-2020

Cabo inicia construção de hospital de campanha na Praça 9 de Julho
access_time08-04-2020

Secretaria de Saúde do Cabo disponibilizará teleatendimento em saúde mental
access_time08-04-2020

Prefeitura do Cabo tira dúvidas sobre auxílio emergencial de R$ 600
access_time07-04-2020



apps
Ver mais...