Prefeitura do Cabo sinaliza rua para disciplinar fila da Caixa Econômica Federal
access_time02-05-2020



Por Cristhiane Arantes
Fotos: Jakson Costa e Gilberto Crispim


A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho sinalizou um trecho da Avenida Presidente Getúlio Vargas, no Centro do Cabo, para o disciplinamento da fila em frente à agência da Caixa Econômica Federal. As mudanças começaram a valer na manhã deste sábado, (02/05) com o funcionamento excepcional da Caixa para saques do auxílio emergencial. O atendimento começou às 8h e se estenderá até às 14h.

“Diante das dificuldades da Caixa Econômica de controlar a aglomeração em frente à agência, decidimos intervir, fazendo as marcações de distanciamento e colocando nossas equipes da Guarda Municipal e de Trânsito para ajudar na organização”, disse o prefeito Lula Cabral. “Essa é a maneira que encontramos para garantir a segurança dos que precisam do auxílio emergencial. Também instalamos cinco lavatórios populares com intuito de garantir a higiene básica da população, além da distribuição de máscaras de proteção e álcool em gel feitas por alguns voluntários e profissionais da Secretaria de Saúde”, falou Lula Cabral.

A guarda municipal, policiais militares do 18º Batalhão e o Procon do Cabo auxiliaram os funcionários do banco a organizar as filas e, assim, permitir o distanciamento social se precavendo de contaminação da Covid-19. O trecho da Avenida Getúlio Vargas permanecerá interditado até o pagamento da última parcela do benefício, que está previsto para acontecer em junho.

O advogado do Procon do Cabo, Marcelo Soares, acompanhou o atendimento e destacou a importância do reforço da gestão municipal para ajudar no disciplinamento da população. “Temos visto uma grande aglomeração em frente à agência, desde o anúncio do auxílio emergencial. Apesar do Decreto Municipal que determina que os bancos resolvam a questão do distanciamento, o problema continuou. Esperamos que a partir de agora, a Caixa Econômica possa resolver a questão do distanciamento e evitar multas”, disse Soares.

Iasmim Nascimento de 18 anos, moradora de Gaibu, está grávida de 8 meses e faz parte do grupo de risco por ser cardiopata. Segundo ela, a marcação no chão feita pela Prefeitura ajudou a organizar a fila e a sentir mais protegida. “ Eu precisava vir hoje sacar meu benefício. Estou prestes a dar à luz. Só tenho a agradecer porque graças a organização não precisarei ficar por muito tempo exposta”, disse ela.


Mais sobre Coronavírus

Prefeitura do Cabo realiza ação de testagem rápida para identificar Covid-19
access_time29-05-2020

Prefeitura do Cabo fará abertura gradativa do comércio a partir do dia 4 de junho
access_time29-05-2020

Dois pacientes internados no Hospital de Campanha Ricardo Brennand, no Cabo, recebem alta
access_time28-05-2020

Hospital de Campanha Ricardo Brennand, no Cabo, começa a funcionar nesta quinta-feira (21)
access_time21-05-2020

Prefeitura do Cabo dá posse a médicos concursados que irão atuar nos hospitais de campanha
access_time19-05-2020

Duas mil máscaras e álcool em gel são distribuídos no Mercadão e entorno
access_time16-05-2020

No Cabo, Prefeitura adota controle de acesso aos mercados públicos
access_time16-05-2020

Artistas do Cabo levam cores e mensagens aos hospitais de campanha da cidade
access_time11-05-2020

Hospital de Campanha do Cabo recebe visita do presidente do TCE Dirceu Rodolfo
access_time08-05-2020

Ação do Procon Cabo, PM e guarda municipal fecha três lojas no Centro do Cabo
access_time08-05-2020




Outras notícias

Prefeitura do Cabo faz entrega do cartão alimentação para estudantes da rede municipal
access_time31-05-2020

Lula Cabral decreta luto oficial pela morte do médico Zimone Farias
access_time31-05-2020

Campanha “Ajuda Cabo” entrega Kits alimentação para mototaxistas e barraqueiros
access_time29-05-2020



apps
Ver mais...